Passar para o Conteúdo Principal
 
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C

logo pampilhosa

 

Unhais-o-Velho

Em Unhais-o-Velho, terra de origens remotas e ancestrais, sinta a história e tradição. Rainha do Mel, nas suas terras é extraído o mais saboroso e terapêutico Mel de Urze. No Picoto de Cebola, a 1418 metros, eleve-se na beleza da paisagem e contemple um dos mais belos quadros de Portugal.

 

imagem
imagem

 

PRESIDENTE:

José Baptista Marcelino

imagem

 

SECRETÁRIO:

José Lourenço Pereira Baptista

imagem

 

TESOUREIRO:

António Tomás Domingos

Morada: 
Largo José Augusto Veiga Nunes de Almeida 
Unhais-o-Velho 
3320-368 Unhais-o-Velho

E-Mail:
freg.unhaisovelho@mail.telepac.pt

Telefone:
235 513 320
933 707 376
938 901 544

Fax:
 
235 513 320

Atendimento ao Público:
Aos Domingos antes e depois da Missa.

Área Total (km2):
39,60

Número de Povoações:

Número de Habitantes (Censos 2011):
458

Heráldica:
imagem A bandeira é azul. Cordão e borlas de prata e azul. Haste e lança de ouro.
O brasão tem escudo de prata, faixa de azul, potenteada no bordo superior e acompanhada, em chefe, de uma abelha de vermelho entre duas espigas de milho verde; em ponta, quatro burelas ondeadas de azul. Coroa mural de prata de rês torres. Listel branco, com a legenda a negro, em maiúsculas "Unhais-o-Velho".
O selo é circular, com a legenda Junta de Freguesia de Unhais-o-Velho - Pampilhosa da Serra".
História:

A freguesia de Unhais-o-Velho está implantada no extremo nordeste do concelho, entre as freguesias de Fajão (a norte) e Dornelas do Zêzere (a sul). Dela fazem parte as povoações de Aradas, Malhada do Rei, Meãs, Portela de Unhais, Póvoa da Raposeira, Seladinhas, Arranhadouro e Unhais-o-Velho. Na Idade Média esta freguesia pertencia à Pampilhosa da Serra mas com a primeira organização liberal passou para Fajão. Em 1885, voltou a integrar o concelho de Pampilhosa da Serra. Foi terra do Mosteiro de Folques e terá sido elevada a paróquia no século XVII. A origem etimológica de Unhais é controversa e pouco clara. Segundo alguns autores a origem do nome pode residir em duas hipóteses: uma relacionada com os Hunos (povos que ocuparam a península) nomeadamente com a existência de um hipotético núcleo populacional que por aqui tivesse permanecido; outra relacionada com os veados, também designados unhantes devido às armações que adornavam estes animais. O casario está agrupado num pequeno promontório, formado por uma pronunciada curva do rio Unhais que atravessa a freguesia. O cenário é decorado ainda pelos penedos gigantes que emolduram a povoação.

A Igreja Paroquial é de médias dimensões datando a sua construção de 1824.Perto dela ergue-se a Capela do Santo Cristo, de planta hexagonal com porta retangular de verga alta e cimalha direita, com cunhais de cantaria. Uma tradição que ainda hoje se mantém é a distribuição de um Bodo no dia de S. Sebastião (20 de Janeiro), onde não faltam as castanhas, a "pica" (pão tipo carcaça) e o vinho.

Património Natural e Cultural:

Igreja Paroquial de S. Mateus - É dedicada a S. Mateus. Data a sua construção de 1824. No interior podemos observar o teto de madeira decorado com cenas hagiográficas, datadas do século XIX. O retábulo principal é do estilo setecentista, decorado com ornatos concheados, duas colunas em cada lado, nichos médios e camarim do trono ao centro. 

Sobre o arco cruzeiro está um crucifixo de madeira do século XVIII. O templo alberga ainda as imagens de S. Domingos, de S. Mateus e de S. Pedro dos séculos XVII e XVIII.

Capela de Santo Cristo - Capela de planta hexagonal, tem no seu interior cinco nichos com as imagens de S. Domingos, S. Frutuoso, Nossa Senhora da Penha de França, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora de Lurdes e, numa redoma de vidro, a Imagem de Santo Cristo deitado.

Miradouro na Portela de Unhais - Miradouro com vista para a povoação da Portela de Unhais.

Parque de Merendas da Portela de Unhais

Parque de Merendas de Unhais-o-Velho

Lagar de vara de Unhais-o-Velho

Lagar Póvoa da Raposeira

Chafariz em Unhais-o-Velho

Moinho nas Meãs

Orago

S. Mateus, celebrado anualmente a 21 de Setembro 

Links

 

Partilhar